Compartilhe

Histórico

Publicado em 30/10/2014 às 14:03 - Atualizado em 08/03/2018 às 15:33

O Estado de Santa Catarina, para coordenar, ampliar e fortalecer a capacidade administrativa, econômica e social dos municípios, dividiu o estado em microrregiões, criando assim as associações de municípios, hoje em número de 21.

Com isso o Estado promove o estabelecimento da cooperação intermunicipal e intergovernamental, visando o Desenvolvimento Regional Integrado de cada Região, observando as deficiências e explorando suas potencialidades.

Hoje as Associações de Municípios do Estado de Santa Catarina são entidades registradas como personalidade jurídica de direito privado, reconhecidas de utilidade pública, sem fins lucrativos e com estatuto próprio, tendo cada uma sua respectiva estrutura. Sua receita provém da contribuição dos municípios filiados.

A AMARP - Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe, foi desmembrada da AMMOC, região de Joaçaba, e teve sua fundação e instalação em 18 de outubro de 1968.

Quando da criação na data acima, os municípios que faziam parte da Associação eram:

- Arroio Trinta - Matos Costa
- Caçador - Rio das Antas
- Curitibanos - Salto Veloso
- Fraiburgo - Santa Cecília
- Lebon Régis - Videira

 

O município de Calmon filiou-se na Associação a partir do mês de Setembro de 1999, o município de Timbó Grande a partir de Janeiro de 1989, os municípios de Ponte Alta do Norte, Macieira, e São Cristóvão do Sul a partir de Janeiro de 1993, os municípios de Ibiam, Iomerê, e Frei Rogério a partir de Janeiro de 1997, o município de Pinheiro Preto a partir de Fevereiro de 1997.

Os municípios de Caçador, Lebon Régis, Santa Cecília e Matos Costa, solicitaram a desfiliação da AMARP, filiando-se na AMURC, sendo que os município de Caçador, Lebon Régis, Santa Cecília, retornaram para a AMARP em 1997.

O município de Matos Costa retornou para a AMARP em 2006

O município de Pinheiro Preto se desligou da AMMOC, de Joaçaba, e filiou-se na AMARP alegando maior proximidade da sede da Associação e também maior ligação de interesse econômico com a cidade de Videira.

O município de Santa Cecília desligou-se da AMARP em 2002, voltando em 2005.

Os municípios de Curitibanos, Frei Rogério, Ponte Alta do Norte, Santa Cecília e São Cristóvão do Sul desligaram-se da AMARP em 01/03/2010.

Em 2018 o municpio de Tangará filiou-se na AMARP.

Atualmente a composição da AMARP é a seguinte:

- Arroio Trinta - Macieria
- Caçador - Pinheiro Preto
- Calmon - Rio das Antas
- Fraiburgo - Salto Veloso
- Ibiam - Tangará
- Iomerê - Timbó Grande
- Lebon Régis - Videira
- Matos Costa  

 

- Rio das Antas


Rua Manoel Roque, 99, Paço Municipal, Videira - SC
CEP: 89560-000